O tratamento com acupuntura é eficiente para patologias tanto agudas quanto crônicas. Dentre seus principais efeitos ela pode agir no controle das dores, fortalecer o sistema imunológico, tem efeito relaxante muscular, acalma e tranquiliza as emoções e pensamentos.  

A Acupuntura é uma técnica de tratamento milenar, que faz parte da Medicina Tradicional Chinesa (MTC). Esses conhecimentos são utilizado para o diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças há pelo menos 2000 anos. Acredita-se que ela foi originada na China, e suas teorias têm raízes nas tradições taoistas.

A fisiologia da MTC entende que no corpo humano existem alguns caminhos, chamado de canais e colaterais, por onde percorre o Qi – 氣 . É difícil encontrar um significado exato para QI no português, pois trata-se também de um conceito filosófico. Traduções possíveis seriam: ar, vapor, energia vital, demonstrando sua característica mais sutil que a matéria física.

Qi está presente na pele, no sangue, nos órgãos, no corpo todo e é responsável pela vida e todo seu movimento. Se por algum motivo seu fluxo natural entrar em desarmonia, Yin e Yang do corpo se desequilibram fazendo aparecer sintomas e doenças.

Atualmente a prática da Acupuntura é recomendada pela Ordem Mundial de Saúde (OMS) e está presente em mais de 50 países. No Brasil, em 1995 ela foi aceita, pelo Conselho Federal de Medicina, como especialidade médica. Em 2002 é aceita pelo Conselho Federal de Psicologia. E desde 2006, reconhecida pelo Ministério da Saúde, entrou como possibilidade de tratamento no Serviço Único de Saúde – SUS.

Muitos estudos, anos de prática e diversas provas empíricas comprovam sua eficiência.

Quer saber como funciona o tratamento de Acupuntura?

Quais as principais indicações para Acupuntura?