Victor Pontos

Acupuntura e Terapias Integrativas

AutoCuidado

Pense em uma árvore que você gosta..

Para ela ser cultivada, desenvolver-se e manter-se sempre forte, ela depende de alguns fatores:

  • momentos de sol,
  • momentos de escuridão,
  • determinada frequência e quantidade de água,
  • um solo rico em nutrientes.

Algumas preferem sombra enquanto outras adoram um sol quente, umas são solitárias – precisam de espaço e gostam de viver assim – outras não se desenvolvem longe de outras plantas ou sem alguma parceria.

O vento aqui também tem papel importante: como agente polinizador, fortalece o crescimento, influencia na respiração e transpiração, transporta umidade, frio e calor.

De tempos em tempos algumas podas são interessantes, retirando partes velhas, fracas ou doentes, favorecendo o crescimento.

Assim como as plantas, precisamos constantemente de cuidados para uma vida saudável e feliz.

É fundamental ter equilíbrio entre atividade e repouso, água e alimentação suficiente e de qualidade, movimento e exercícios para garantir o livre fluxo de tudo em nossos corpos, uma administração inteligente das próprias emoções. Essas são algumas ações que devem ser realizadas todos dos dias com a finalidade cultivar a saúde, a vitalidade e a potência da vida.

 

E de quem é essa responsabilidade?

É muito comum transferir isso totalmente para os outros. Como se essa tarefa fosse uma função dos pais, da esposa, do personal trainer, do médico ou da terapeuta.

Mas algumas dessas ações de cuidado e de manutenção da saúde somente você pode fazer por você mesmo. Afinal ninguém pode descansar, comer, se exercitar, e cuidar das suas emoções por você.

As vezes nesses momentos precisamos de uma mãozinha. É para isso também que eu estou aqui.

Pelo estudo da Medicina Tradicional Chinesa, podemos observar uma série de princípios que nos ensinam a como viver melhor. Se esses princípios forem colocados em prática no seu dia-a-dia, a imunidade fica lá em cima, sem dúvida tudo flui melhor, mente, emoções, e corpo. E se por acaso alguma doença aparecer, fica muito mais fácil de trata-las.

Se responsabilizar pela manutenção e aperfeiçoamento da sua própria saúde, cuidar de si mesmo. Isso é uma parte importante do autocuidado, mas não para por aí…
 

Por autocuidado podemos expressar: o movimento de voltar-se para si e cultivar-se. O que quer dizer trazer para ação nosso desenvolvimento pessoal e possibilitar meios de cultivarmos e experimentarmos modos de vida mais plenos e satisfatórios.

Toda árvore plena foi um dia semente que caiu em solo fértil e cultivou-se. Como cultivar a nós mesmos?

Diz o velho ditado: “A melhor época para plantar uma árvore foi há 20 anos atrás; o segundo melhor tempo é agora.”

Também estou aprendendo e não tenho todas as respostas, para mim esse é um conceito em constante desenvolvimento. Me dedico a estudar, aprimorar e oferecer técnicas, atividades e conhecimentos que nos permitam encontrar os meios pelos quais a vida se desenvolve e acontece em nós.

Chamar
Olá. Tem alguma dúvida? Clique aqui para conversamos pelo Whatsapp.